browsing category: Wellbeing

Wellbeing

Free to BE

Ser livre, sem amarras, é o que nos dá leveza na vida. E só damos verdadeiramente valor à liberdade quando a perdemos ou quando somos testemunhas do encarceramento dos outros, encarceramento físico ou mental, por via legal ou por perda de qualidade de vida e de saúde.

Não é fácil ser livre. Para sermos livres temos que ter liberdade de movimentos e cultivar um espírito livre, livre de interesses e convencionalismos e isso requer treino, desapego e autonomia. Somos formatados pela educação, cultura e sociedade, espartilhados por regras e comodismo. É preciso uma vida inteira para o conseguirmos e, para muitos, não é suficiente uma vida. Mas temos que começar por algum lado, eu comecei por me libertar do julgamento (próprio e dos outros) e do pré conceito …isso trouxe-me liberdade de movimento e crescimento interior; o segundo passo foi resgatar a essência do que não tem preço e não pode ser transaccionado, como as emoções, os afectos, o contacto com a natureza, com os animais e com as diferentes crenças que outros, gentilmente, foram partilhando comigo…depois veio a gratidão, por tanto e por tantos; os outros passos, bem, os outros passos serão dados quando estiver preparada.

Sejamos livres!

 

“Mente extraordinária”, de Andre Jordan
“Não me importa que carro conduzes. Onde moras. Se conheces alguém que conhece alguém que conhece alguém. Se as tuas roupas estão na vanguarda deste ano. Se o teus bens são ilimitados. Se estás na lista A, lista B ou se nunca se ouviu falar da tua lista. Eu só me importo com as palavras que emanam da tua mente. Elas são a única coisa que tu realmente possuis. A única coisa pela qual te recordarei. Não me vou apaixonar pelos teus ossos e pele. Não me vou me apaixonar pelos lugares que visitaste. Não me vou apaixonar por nada … Excepto pelas palavras que emanam da tua mente extraordinária”.

—-

Being free, without fetters or ties, is what gives us lightness in life. And we only truly value freedom when we lose it or when we witness the incarceration of others, physical or mental incarceration, by legal means or by loss of quality of life and health.

Don’t trick yourselves by the illusion that it’s easy to be free. In order to be free we must have freedom of movement and cultivate a free spirit, free of interests and conventions, and this requires training, detachment and autonomy. We are shaped by education, culture, and society, framed by rules and self-indulgence. It takes a lifetime to achieve it, and for many a life time is not enough. But we have to start at some point, I started by releasing myself from judgment (my own and others’) and from the preconception … that gave me freedom of movement and inner growth; the second step was to rescue the essence of what is priceless and can’t be transacted, such as emotions, affections, contact with nature, animals and the different beliefs that others have kindly shared with me … then came Gratitude, for so much and so many; the other steps, well, the other steps will be taken when I’m ready.

Let’s be free!

 

“Extraordinary mind”, by Andre Jordan

“I do not care what car you drive.
Where you live.
If you know someone who knows someone who knows someone.
If your clothes are this year’s cutting edge.
If your trust fund is unlimited.
If you are A-list B-list or never heard of your list.
I only care about the words that flutter from your mind.
They are the only thing you truly own.
The only thing I will remember you by.
I will not fall in love with your bones and skin.
I will not fall in love with the places you have been.
I will not fall in love with anything

…but the words that flutter from your extraordinary mind.”

Photo: Gonçalo M. Catarino 

Make up: Mariana Daehnhardt

Top&Pants: Amuse Society

Read More